Return to site

3 provas de que o cliente agora é dono do seu negócio

Isso mesmo, pode dar as chaves para ele

Por Rafael Rodrigues

Perdendo apenas para a Finlândia, o Brasil é o segundo país com maior número de habitantes que confiam nos meios de comunicação. pouco mais de 60%. O Instituto Reuters (Agência de notícias britânica) em parceria com a Universidade de Oxford realizou a pesquisa para constatar o nível de confiabilidade do conteúdo divulgado pelos emissores.

Temos mais brasileiros que confiam de forma clara as informações repassadas pelos veículos de mídias. Sabemos que não são todos que são imparciais ou dão voz a todos que "detenham a verdade", mas o que falamos enquanto mídia é importante. E mais importante agora, é o que as pessoas pensam sobre o que produzimos.

1ª PROVA: Confiança tem que evitar ser quebrada

Logo, as pessoas tendem a consumir conteúdo com pouco senso crítico, ou seja, sem verificar a informação em outros locais, confiando plenamente no canal de mídia. É por isso que este elo não pode ser quebrado. Startups tem que tomar cautela ao divulgar suas campanhas, serviços e informações de forma dúbia e errada, até para cativar e manter investidores e clientes. "Ah, então não é totalmente verdade o que eu li/ouvi,vi", é algo que não pode ser falado. A confiança no trabalho da empresa precisa ser velada.

2ª PROVA: Inbound Marketing + estrutura

As estratégias de inbound resultará na cativação de clientes através da produção de conteúdo, gerando tráfego, engajamento, encantamento e conversão, entretanto, se uma das partes do funil de vendas, ou do conteúdo estiver errada, incompleta ou oferecendo algo que não será cumprido, as chances do consumidor confiante se transformar num propagador negativo são enormes. É por isso que é necessário uma estrutura de trabalho com parcerias e assessoria, onde sua empresa pode consultar sem vacilar a outra ponta do negócio. Cubra-se de ajuda.

3° PROVA: Poder de lucro

Sim, é ele que possui o poder de compra, de lucro para sua empresa, de venda, de fechamento positivo no mês. E o que acontece quando a confiança quebra? Toda as chances de aumentar o faturamento no fim do mês e dar passos crescentes na empresa cai para zero. 

Logo, em meio a essa novidade, a conclusão é que o cliente é mais do que o dono do seu negócio, é o seu termômetro de fluxo de consumidores, de confiança na marca, de conversão em venda e procura maior pelo seu serviço, além de propaganda positiva nas ruas.

E como atender essa demanda sem estrutura? Não perde a confiança na sua base de clientes e procure o coworking, onde você terá o seu escritório, segurança, área de alimentação, descanso e a chance de causar uma boa impressão no seu cliente. Somos um país, em termos de comunicação e mídia, confiável. Não vamos estragar tudo, né? 

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly