Return to site

Tendências de marketing e empreendedorismo para coworkers

2017 tá engatinhando, mas empresários - inclusive você - já estão preparando o seu planejamento do primeiro semestre e quais ações vão seguir para alavancar os seus negócios. Mas quais ferramentas serão as mais úteis? Quais estratégias são mais recomendadas? E por onde começar? Por isso, neste artigo, reunimos a essência das abordagens que podemos trabalhar neste ano, visando hábitos, comportamento e consumo dos usuários, observados por veículos de comunicação como a revista Exame e portais, por exemplo, Way Next e Resultados Digitais.

Para quem trabalha dentro do ambiente coworking, é importante se inteirar das boas novas que a área de marketing e comunicação tem a oferecer.

Bom, vamos começar?

Realidade aumentada

Ano passado tivemos o boom do aplicativo “Pokemon Go” e como a sua experiência e usabilidade conquistou o público. Mesmo quem não utilizava, sabia como era, como funcionava e ainda fazia a boa - propaganda do game. E que hoje é um exemplo de como as empresas devem mirar em fornecer esse contato com o usuário, através dos seus serviços.

E para quem atua na área de User Xperience (UX), o mercado trará bons resultados em termos de clientela.

Segundo o portal Brasil Post, dentre as profissões em alta, esta se encaixa, devido a demanda de empresas que precisam ver seus números de vendas crescerem. Com o papel central de ser a ponte entre a marca e o consumidor, o ofício ganhará destaque neste ano. ”User experience ou experiência do usuário é a base do sucesso de uma campanha de SEO para 2017 e além. Mobile first, tempo de carregamentos, HTTPS/SSL, Rank Brain entre outras atualizações do Google dos últimos anos tem como foco principal forçar sites a aprimorar o UX”, conta Felipe Bazon, especialista e gerente de SEO da Seo Marketing, em entrevista para o portal Resultados Digitais.

Sair do muro

Empresa geral ou de nicho? Popular ou específica? Este ano será definitivo para algumas companhias repensarem sua abordagem no mercado e ver em qual classificação melhor a caracteriza. Não adianta dizer que consegue vender tudo de todos os segmentos. É hora de provar. E uma das tendências, segundo esta pesquisa, é o foco em nichos, direcionamento de público, estreitar os laços, afinar melhor a persona, target e ações para atingir em cheio a sua comunidade, graças ao trabalho digital.

Blog e E-mail Marketing sim!

Um dos melhores meios de comunicação no país, ainda tem fôlego para garantir às empresas seu espaço no campo digital. O que precisa estar em foco é o conteúdo ali inserido e como ele será produzido e trabalhado. E-mail marketing, marketing de conteúdo e inbound marketing estão ligados como uma tríade para reforçar o envio dos seus contatos. “Sabendo que 9 em cada 10 brasileiros utilizam e-mail, esse ainda é – e será por um bom tempo – o melhor e maior meio de comunicação corporativo do mundo. E afirmo novamente que as empresas que não conquistarem o seu espaço digital irão fracassar, queiram ou não”, afirma John Viana, founder do Impulsor Digital, em entrevista para o portal Resultados Digitais.

E com esse direcionamento do conteúdo, um recurso que ganha atenção é o blog. Sim, empresas estão aproveitando este espaço, não apenas para divulgar informações, mas estar próximo do cliente, de forma humanizada, direta e cheia de recursos, seja multimídia, textual ou direcionada a conteúdos externos. É uma central de troca, onde usuários ganham experiência da marca e os empresários conseguem dados informativos através de cada um que abre sua página.

Conteúdo

“John Martin também aproveitou a publicação e indicou os próximos passos em relação a produção e disseminação de conteúdo:

Conteúdo denso: no começo o conteúdo era rei, mas o rei perdeu a majestade. Aos poucos era necessário criar um conteúdo diferenciado, o famoso conteúdo épico, melhor que todos os outros. Mas agora parece que todos os conteúdos querem ser épicos, então qual a próxima onda?

A verdade é que os usuários estão cansados de encontrar o mesmo conteúdo maquiado com palavras e gráficos diferentes, um atrás do outro. Talvez a próxima grande tendência seja o conteúdo denso, que é aquele que oferece uma grande quantidade de informação de maneira direta e objetiva – em outras palavras, mais eficiente.

O conteúdo denso também pode ser rico em tipos de conteúdo e veremos posts com texto, vídeos, áudios e diversas incorporações. É a volta da multimídia, palavra que encantava o mundo na década de 90.

Vídeo: por falar em conteúdo densos, nada mais denso do que um vídeo, não? Se uma imagem vale por mil palavras, por quantas palavras vale um vídeo?

Os usuários estão cada dia procurando mais por vídeos e esse tipo de conteúdo pode ser diferencial para o seu negócio, principalmente agora com a facilidade para se conectar em uma boa conexão Wi-Fi, seja no trabalho ou em casa.

Também não custa lembrar que o YouTube é o segundo mecanismo de pesquisa com mais buscas e que se você criar conteúdo nesse formato pode ter grandes benefícios por esse canal também”.

Todos esses direcionamentos de trabalho, inclusive outros itens que julgamos ser prioridade este ano, como a personalização e humanização do atendimento à clientes em cada etapa, incorporação do jornalismo dentro do social media, enquanto produtor, divulgador e mensurador de conteúdo, estreitamento de laços entre clientes e mercado através da identificação de hábitos e costumes precisam ser olhados com atenção para que empresários coworkers possam aumentar sua base e lucratividade, e assim, fazer a empresa crescer. Logo os espaços de coworking, a exemplo do Bunker vem trabalhando fortemente essa questão de aproximar pessoas do mercado e potenciais empreendedores recriando um ambiente de integração e trocas de experiência, aliados a boa estrutura, localização, gestão do espaço e programas de entretenimento e formação.

Escrito por: Rafael Rodrigues.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly