Return to site

Três benefícios que estão no coworking e você não paga

Já ouviu falar em necessidade inata e necessidade adquirida?

Relaxa, não vamos pedir para você abrir o dicionário e nem abrir uma aba no Google pra saber o que é. Está com sede agora? Aquela sensação seca na garganta, de lábios rachados, pigarro e sensação de insaciedade? Então, seu corpo está pedindo água para continuar a funcionar seu organismo. É uma prioridade que precisará ser atendida durante toda a sua vida, assim como fome, frio, calor. Logo é uma necessidade inata.

Agora, e aquela Coca - Cola geladinha, hein? Sempre bom na hora do almoço, durante o trabalho, em festas. Não é algo intrínseco ao seu corpo, mas acaba correspondendo aos seus desejos e hábitos - e aos meus também, rs. Essa é uma necessidade adquirida ao longo do tempo.

E o que queremos mostrar com esses dois exemplos, Rafael?

Bom, em várias fases da nossa vida, vamos nos deparar com essas duas situações, e na parte profissional isso não é diferente. Quando decidimos trabalhar em um projeto, ou numa empresa, ou por conta própria, levamos em conta que precisaremos de coisas indispensáveis para manter o ritmo, o nível e a satisfação do nosso trabalho, tais como:

  • Estrutura;

  • Móveis, locação;

  • Água, luz, internet...café;

  • Espaço para eletrônicos e usabilidade dos mesmos;

  • Segurança;

  • Privacidade;

  • Ambiente para alimentação;

  • Área para descanso;

  • Café...eu já falei café?

Dentro das necessidades “inatas”, estas seriam as que encaixam como “básicas”, focadas para a realização de um bom trabalho, elevando a produtividade e crescimento na empresa. Sem elas, talvez estaríamos em defasagem com a maioria ou todo o nosso trabalho.

Mas e as necessidades adquiridas? Que envolvem hábitos, costumes, preferências e gostos de cada trabalhador? Onde se encaixa?

Dentro do coworking.

Segundo a Corporate Canaltech, o relatório “Dressed to Impress: The right location for success”, algo como “o melhor lugar para o sucesso”, apresentou que 82% dos executivos brasileiros que responderam à pesquisa garantem que o ambiente compartilhado traz excelentes oportunidades de networking. Além disso, 76% deles creem que este é o espaço ideal para o crescimento de quem está começando. A ideia básica é misturar o melhor do trabalho em um escritório convencional com o melhor do home-office, uma espécie de meio termo entre ambos os formatos.

Não, não é merchandising. É a mais pura verdade. Mas, para provarmos, vamos relatar três motivos para vermos que o nosso trabalho pode ser mais completo e progressivo dentro desse ambiente e o que podemos tirar dele, além do que você paga para ele.

Meus parceiros

Independente de onde esteja trabalhando, problemas como bloqueio criativo, incertezas, falta de serviços adicionais, falta de criatividade, preguiça e desencorajamento podem te acertar. Mas, e se trabalhar com várias pessoas que estão lá, batalhando assim como você, lutando para aumentar a lucratividade, originalidade e entregar o melhor possível. Eles podem ser seu apoio, suas amizades, seus colegas, seus “quebra-galhos” e uma de suas fontes de conhecimento. Trabalhar com diferentes pessoas, mas com a gana de dar o melhor apenas vai te fortalecer na sua jornada. Pense em várias parcerias que podem nascer se estiver aberto a isso.

Meu descanso

Na maioria dos casos, trabalhar em casa, pode não render o seu momento de repouso para relaxar a cabeça e voltar ao trabalho. Em casa de amigos, ou dentro da empresa do seu camarada pode não dar o tempo e espaço correspondente ao que você precisa. E já dissemos aqui que descanso é fundamental - se você não leu sobre, dá uma paradinha e clica aqui. E dentro do espaço compartilhado, você tem seus horário de esticar as pernas, deitar, ver um capítulo de Walking Dead, escutar o CD novo do Ed Sheeran, ou da Elza Soares, que está ótimo. Ou simplesmente fechar os olhos e esquecer por um momento os problemas e prazos, sem ninguém te chamar.

Minha maneira

Entre trabalhar em salas fechadas ou compartilhada com outros empreendedores;

Entre dar palestras no auditório ou ensinar sua arte e ofício regularmente;

Trabalha de manhã ou à tarde. Ou os dois;

De chinelo ou de sapato;

De camiseta ou de terno;

À sua opção, a sua forma de conduzir, o seu jeito. O poder de escolha. Nem preciso dizer que é a melhor sensação que existe.

 

Sim, é excelente receber por aquilo que trabalhamos. Não é apenas recompensa, e sim, mérito pelo seu esforço. Mas investir em algo que irá nos proporcionar a solução das nossas necessidades, sejam elas intrínsecas ao nosso bem-estar e correspondente a nossa forma de lidar com o trabalho e como pensamos em organizá-lo não é um luxo. É saciar o nosso espírito empreendedor. Invista no coworking. E se não conhece o espaço e nem como funciona, a gente te convida e te explica tudo e como essa modalidade pode te ajudar, agora é só clicar aqui.

Por Rafael Rodrigues

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly