Return to site

Um tour pelo Bunker

Apresentamos a vocês o nosso espaço, em crônica!

Seja bem-vindo visitante! Finalmente veio me conhecer? Meu nome é Bunker Coworking e estava ansioso pela sua presença. Venha, se chegue e sinta-se confortável, vou lhe apresentar um pouco sobre mim, quem sabe não se encanta e passa a integrar a família Bunker?

Vamos do início sim?

Estou localizado a Rua Dr. Luíz Ribeiro Bastos, número 51, e logo ao entrar em minhas dependências, a presença de verde é o destaque: plantas compõem o ambiente, não apenas realçando o jardim como também o espaço compartilhado interno. Me sinto sempre muito bonito.

Logo após a entrada, trago uma mensagem inspiradora, mas essa eu não vou revelar, você tem que vir para ver! Em seguida uma sala privada é ocupada pela equipe da Rappi, que trabalha em um aplicativo de entrega de vários produtos. Ao lado, uma sala de reunião, que pode servir também para workshops e palestras está cheia de mesas e cadeiras. Além disso, tem uma parede amarela muito linda no corredor entre as salas que alegram o lugar. Vale lembrar que todos os ambientes são climatizados. Eu sou muito organizado!

Está gostando do passeio até agora? Ainda há muito para mostrar, estou curioso para saber qual a parte que você se afeiçoará mais. O espaço compartilhado é de longe minha parte favorita: diversas empresas e pessoas diferentes integram e trabalham lado-a-lado, trocando ideias e crescendo juntas. Inclusive tenho uma parede inteira dedicada a ideias: crie, inove, conectem, são algumas das palavras que compõem a arte de Felippe Cavalcanti.

Seguindo passamos por um mine auditório que cabe mais de 30 pessoas e pode ser reservado. Ao lado, o pessoal da empresa Qualyfit ocupa uma pequena sala, onde trabalham para fazer a empresa crescer.

O cômodo seguinte é o local mais delicioso de mim: a copa do Bunker! Equipada com cafeteira, geladeira, micro-ondas e água, está pronta para as refeições dos coworkers e seus momentos de descontração. Tenho talheres, pratos e copos como toda casa para abarcar os esquecidos de plantão.

Há ainda o andar de cima com mais duas salas, uma delas é ocupada pela Icatu que está sempre por lá. Tenho também um terraço, este último, com bancos que permitem até um cochilinho da hora do intervalo.

Sou ou não atrativo?

Infelizmente, não tenho como lhe mostrar tudo por aqui, mas venha me conhecer pessoalmente que arrumamos isso. Certeza que podemos conversar melhor e negociar um espaço para você! O Bunker é que nem coração de mãe, cabe todo mundo.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly